Quem sou eu?

Minha foto
Belo Horizonte, Minas gerais, Brazil
"Só se vê bem com o coração. O essencial é invisível para os olhos." (Saint-Exupéry) Uma pessoa comum, fora do normal. Sou mais do que as pessoas pensão e menos que elas esperam. Posso ser um rei, um carrasco, mendigo. Mas sou apenas eu mesmo, sem muita coisa, apenas o bastante pra cativar as raposas ao meu redor, e me permitir ser cativa-do pela mesma.

Esperança de um mundo melhor


Vejo criança a correr a procura de ovos de chocolate, a procura do coelho que os deixo ali. Sorridentes e cheio de chocolates vão pra cama feliz hoje, pois o coelhinho da páscoa foi bonzinho.


Mas um dia e mais uma data feliz, olha ai crianças a escrever pro famoso papei Noel, mesmo sem ver ele, elas sabem que ele sempre vem, que vai trazer presentes e muitas alegrias pra toda a família. Pulam da cama doidas pra saber qual o presente que o bom velhinho deixo pra cada uma, pode ate não ser o que elas queriam, mas estão muito felizes, afinal ele lembro de deixar de baixo da árvore os presentes.

Dia das crianças, um dia só delas, pra pularem, correr, comer o que bem entender, ganhar brinquedos e ser feliz (mas elas sempre fazem isso). Mas olha ali no canto tem uma menina a chorar, mas como pode no seu dia tantas lágrimas derramar. Eu muito curioso não podia deixar passar, e com ela começo a conversar.


-Ei menina, por que não esta brincando com os seus amiginhos, hoje é o seu dia você tem que aproveitar em vez de estar ai no canto?
-Não quero brincar, correr, não sou mais criança e não posso fazer essas coisas mais.
-mas que mentiras são essas que você esta a me contar? Olha que papai Noel não gosta de crianças mentirosas e pode não te trazer presente esse ano. Vá brincar com seus amiguinhos que peso pra papai Noel te perdoar.
- Sei que ele não existe e que nunca vira, é apenas mentiras pra que eu vá me deitar.
-E a coisa ta feia fiquei sabendo que o coelhinho da páscoa não vai mais voltar, os ovos de chocolates não vão mais chegar.
- Que coisa boba, qualquer um sabe que coelhos da páscoa não existem e que os ovos da páscoa vêm de fabricas.
-Mas quem lhe disse essas coisas?
-Foi aquele homem de preto ali, aquele que me fez chorar. Ele me disse que tudo é mentira e que tenho que crescer.
-menina linda não se preocupe, aquele homem esta brincando e é tudo mentira o que ele lhe disse, disse isso por que ele é mal e o papai Noel não veio lhe visitar, e o coelhinho com raiva dele mando carvão em vez de ovos de páscoa. Vá brincar com seus amigos e não se preocupe com nada disso.
Depois de muito conversar, com muito sacrifício fiz a menina parar de chorar e voltar a sonhar. Já nervoso fui ate aquele homem de preto e começamos a conversar.
-Por que você esta contando coisas ruins paras crianças? Quem lhe deu o direito de acabar com os sonhos delas?
-Não estou contando mentiras, apenas verdades, e toda criança um dia tem que crescer.


Depois de tal resposta, já nervoso pedi pra ele se retirar, com algumas palavras grossas ele saiu a resmungar.
Com medo de tudo aquilo, juntei todas as crianças e comecei a contar historias pra elas, pra desmentir todas as verdades que aquele homem ruim contou. Pronto agora elas podem sonhar novamente sem se preocupar. Elas não são obrigadas a saber o que o mundo tem de ruim, mas tem o dever de se divertir e ficar na janela ate dormir esperando o papai Noel, e correr atrás de todos os ovos de páscoa. Pois é dessas fantasias que o mundo pode talvez melhorar, ainda hoje depois de crescido ainda não desisti de ver o bom velhinho, e sempre estou a procura dos ovos. Não vamos deixar a esperança morrer se podemos ser feliz, não tem motivos pra esquecer.



EU -"to tão cansado de mim.alguém poderia retirar o q se chama amor?e assim não sobraria nada. as lágrimas estão caindo.mas será q são necessárias?"


Você -"gota, gota gota de lágrima. rega a flor no seio da saudade. gota gota gota de lágrima..

lava o rosto em quanto cai e morre no peito a onde jaz um coração magoado

gota de lágrima ,goteja aqui, goteja pois assim tudo pode passar, passa em meu rosto, corre ate minha boca, e morre lágrima

morre lágrima e leva contigo a dor do amor...

e quando passares por meus rosto , vai marcando o meu corpo e abrindo caminho p um novo amor..."

EU -"suas palavras vão sempre me amparar.. um anjo q sabe o q eu preciso.. você sabe me dar tudo q eu preciso.. você é minhas asas anjo louco.."

Nossa Cidade


Hoje me deu uma vontade louca de ver a cidade do alto, acordei cedo me arrumei todo, peguei o celular, olhei os nomes a procura de alguém pra ir comigo, olhei e olhei e já sabia a resposta de cada um deles. Guardei novamente o celular esse momento era só meu e não queria ser incomodado. Andei por horas a procura de um lugar bom e agradável de ver a cidade. Depois de muito tempo já com a lua no céu, achei um lugar perfeito. Era bem alto e distante de tudo e de todos. Parei, sentei e comecei a olhar.

Olha as belas luzes dessa cidade maravilhosa, são tantas que não sei pra qual olhar. Mas derrepente no meio de tantas luzes vejo uma pessoa correndo rápido, e segundo depois um monte de policiais atrás, era um bandido que tinha acabado de matar um garoto. Tento esquecer aquela cena e olho pra outro lugar da cidade, mas olhem é melhor fechar os olhos dessa vez, ali bem no cantinho vejo um rapaz que com certeza deve ser filho daquela senhora que ele acabo de espancar e colocar na beira da rua, coitada sozinha e chorando esta vagando pela rua,depois disso vem uma lágrima em meus olhos. Mas pra melhorar vejo o outro canto da cidade, crianças usando o escuro da noite para brincar, uma se esconde ali, outra aqui, veja onde aquela esta. Derrepente um choro me chama atenção vejo um velhinho saindo do banco, e outras pessoas más o seguindo, coitado dele não sabe que vai ser roubado e espancado por rapazes que aparentam ter de tudo nessa vida e que não precisava fazer isso. Um casarão me chama atenção olha ali, nunca vi casa mais linda que essa. Muitos quartos, vários empregados e tudo do bom e do melhor. Veja essa mesa repleta de doces, frutas, salgados, caviar, vinhos de séculos, tudo que você pode pensar. O final de tal mesa pode ser visto uma pessoa solitária e rancorosa sem ninguém pra dividir tudo isso. Mas olhe ali do lado a mesinha dos empregados, é muito simples, mas esta repleta de felicidade todos juntos a sorrir e a brincar, esses mesmo que irão tirar aquela enorme mesa quando o solitário se cansar de olhar.

Já cansado de tanto olhar me deito e fico a admirar o luar, olhe a lua parece estar tão sozinha e distante, mas que nada olhe de novo, milhares de estrelas ao seu redor, ela esta feliz, pois tem com quem brincar, apostando corridas vejo uma estrela cadente a corta o céu pra se mostrar, enquanto as outras muito tímidas ficam quietinhas do lado da lua somente pra aproveitar. Sem querer pego no sono e acordo com a luz do sol a me esquentar. Já um pouco triste de tudo que vi na cidade aquela noite penso muitas vezes antes de abrir os olhos. Mas não tem outro jeito tenho que olhar, meus olhos se enchem novamente de lágrimas, tantas crianças a correr e brincar sem se importar com o lugar, e as maternidades cheia de crianças prontas pra chegar. Sorrisos e lágrimas de alegria eu posso ver naquele lugar. Meu coração se enche de alegria, pois sei que ainda há esperança pro mundo melhorar.