Quem sou eu?

Minha foto
Belo Horizonte, Minas gerais, Brazil
"Só se vê bem com o coração. O essencial é invisível para os olhos." (Saint-Exupéry) Uma pessoa comum, fora do normal. Sou mais do que as pessoas pensão e menos que elas esperam. Posso ser um rei, um carrasco, mendigo. Mas sou apenas eu mesmo, sem muita coisa, apenas o bastante pra cativar as raposas ao meu redor, e me permitir ser cativa-do pela mesma.

O Poeta e o Palhaço


Será que hoje terá o chá das 3... Corra corra o tempo não para.. tic tac tic tac.. esse relógio me enlouquece e não sei como para-lo.. vamos correr o coelho branco se perde na floresta e não podemos deixar ele parar, pois o tempo não espera... ande vamos aproveitar pois quando sairmos do mundo das maravilhas o relógio será mais cruel.. e se não souber andar ele ira passar por cima de todos.. tic tac tic tac.. acho que ele vai me pegar relógio mal
                                     
***********
Palhaço diz:
Acho que no fim da historia você vai ser o poeta
e eu não mais que o palhaço
Sábio que nada sabe diz:
Acho que no começo da historia estarei eu preso em versos que nem mesmo sei como escrevi, enquanto você corre o mundo levando alegria e paz prós que não sabem o que é isso.

The Wolves

No vazio do meu quarto, fico pensado em minhas atitudes e o porquê as pessoas estão sempre a me elogiar. Você que me conhece já sabe bem dessa historia. Todos ao meu redor me denominam como um grande amigo, especial, carinhoso, gentil, forte. O espelho me confirma cada elogio, minha alma me faz ter certeza, mas minha mente esta sempre há me enganar, brinca com meus sentimentos e me deixa confuso o tempo todo, não consigo ter certeza de nada. Não sei quem sou não consigo me manter de pé sozinho, as duvidas me atormentam em todo segundo.

Posso entender seus problemas, duvidas e medos quem sabe ate mesmo te ajudar, mas quando se trata de mim, é como estar em uma floresta escura, não sei o que esperar e tenho medo de qualquer coisa, me escondo e procuro pelo amanhecer, sei que ele não vai aparecer enquanto eu me manter escondido, ouço vozes umas boas e outras nem tanto, mas não sei em qual delas confiar. Vejo os lobos se camuflarem junto das ovelhas, o problema é identificar cada um antes que me ataquem.

No breu ainda acho que estou sozinho, enquanto todos ao meu redor tentam me ajudar, aos prantos começo a correr sem parar. Fecho os olhos, resolvo me arriscar, em um caminho sem fim, de repente senti que estou rodeado de pessoas, os lobos se foram com medo e as ovelhas se mantinham calmas. Ouço risos sinceros chegando rápido, abro os olhos e pra minha surpresa meus amigos estão lá segurando minha mão, minha família cuidando do meu caminho, mas ninguém pode andar por mim, podem indicar aonde ir, mas não podem escolhê-lo. Sei que tenho que parar de fechar os olhos e seguir sem medo, tudo vai ter sua parte boa e ruim. Agradeço todos aqueles que estão do meu lado apesar de não merecer.