Quem sou eu?

Minha foto
Belo Horizonte, Minas gerais, Brazil
"Só se vê bem com o coração. O essencial é invisível para os olhos." (Saint-Exupéry) Uma pessoa comum, fora do normal. Sou mais do que as pessoas pensão e menos que elas esperam. Posso ser um rei, um carrasco, mendigo. Mas sou apenas eu mesmo, sem muita coisa, apenas o bastante pra cativar as raposas ao meu redor, e me permitir ser cativa-do pela mesma.

Um pedaço de mim.



Quando pequena era apenas uma criança mimada e chorona, chorava simplesmente por tudo, e qualquer coisa. Comecei a crescer depois da morte de um pai mesmo distante, prometi a mim mesmo não chorar por coisas bobas.
Veio à vida me ensino que tudo tem solução, basta querer. Com o tempo vi que chorar não faz mal pelo contraio, te ajuda aliviar mas, por uma promessa infantil e impensada minhas lágrimas secaram. Eu ainda um garoto bobo e chato, pensava que nunca mais iria chorar. Mas vieram os amigos, aqueles que você acha que sempre vão estar do seu lado, ai comecei a chorar de novo. Chorava por que não conseguia mais viver sem as pessoas que no meu pensar eram as únicas que me amavam. Veio o cotidiano e com ele muitas coisas ruins e boas, depois de muito conviver com as pessoas descobri que nada, simplesmente nada é pra sempre, e aprendi do jeito mais doloroso possível, vi os meus grandes e melhores amigos se afastarem, uns bruscamente por brigas sem fundamentos. Outros sumiram só pelo fato de achar que uma amizade sobrevive só por palavras distantes.
Hoje estou a escrever de sentimentos ruins que não escondo de ninguém nem mesmo dos meus amigos, tinha problema em dizer amigos. Mas posso ver que as pessoas que realmente estão do meu lado nos momentos ruins nem sempre são aqueles que me prometeram estar quando eu precisar. Uma vez me disseram que eu ficaria sozinho. Muitas pessoas me dizem ao contrario, as pessoas que mais me importam me gritam nos ouvidos que nunca estarei sozinho, mas é difícil pensar na solidão.
Ela é tão dolorosa mesmo por pouco tempo, tenho muito medo dela. Medo de voltar e não ter ninguém pra me abraçar ou ate mesmo chorar comigo, ninguém pra sorrir e brincar, pra amar ou odiar. Sei que penso de mais antes de fazer alguma coisa, vem do meu ensinamento e não consigo parar, queria ser mais louco e viver sem pensar. Tento olhar pela janela e ver algum futuro, mas fecho ela rapidamente com medo de não conseguir enxergar.
Aprendi a dar mais valor a minha família por mais insegura ou boa que ela seja, vai ser ela que vai me amparar nos momentos difíceis, o que mais me dói é pensar que vamos morrer, sinceramente, não queria morrer, nem mesmo crescer, mas tudo tem que evoluir, que pena que o ser humano ainda não nota isso e só anda pra traz a cada dia.

4 comentários:

  1. A criança do começo do texto se tornou um homem maravilhoso, sabia?

    A vida é mesmo assim... As quedas nos fazem forte e s recuperação nos torna inteiros novamente.

    Pode acreditar que jamais estará sozinho nesse mundo, meu brigadeirinho!
    Eu me vejo nas suas palavras um tanto tristes, porém verdadeiras... Achei lindo o jeito como sabe falar de si mesmo.

    ResponderExcluir
  2. Rapaz... chorar é a maneira de expressar um sentimento,seja ele qual for "Alegria,Dor, tristeza..." mas não tente compreender o mundo com suas atitudes em geral.Pouco importa o julgamento dos outros.Os seres são tão contraditórios que é impossivel atender às suas demandas, satisfazê-los. Tenha em mente simplesmente ser autêntico e verdadeiro. assim seus verdadeiros amigos nunca estarão longe de você. chore, sorria mais e lembre. Qual seja o número de pessoas que estão ao nosso redor,elas não estão realmente conosco...todas estão com seus pensamentos longes e com vontade intensa de serem compreendidas. Te curto de montão.

    ResponderExcluir
  3. Realmente você foi assim como muitos de nós uma criança chata ( rsrsr)e mimada, porém , o menino virou homem , tornou-se responsável por suas ações e mostra ser uma pessoa dedicada e empenhada naquilo que acredita

    Por isso te admiro muito

    ResponderExcluir
  4. parabéns garoto, gostei muito do seu texto, que o senhor Deus lhe abençoe muito, para você continuar escrevendo esses textos maravilhosos.
    http://mi.amaral.nafoto.net

    ResponderExcluir